A nação da bundolatria

E quando se fala em exportação no Brasil o brasileiro, malandro, pensa logo em bunda: produto 100% nacional!

Será que o resto do mundo é formado por desbundados e desbundadas? Cria-se então um estereótipo em torno das brasileiras, a primeira vista até lisonjeiro, contudo não resiste a uma análise nem tanto aprofundada.

Somos tidos como um povo altamente sensual, porém nosso nível de hipocrisia beira o altíssimo cume do Everest. Já falei aqui mesmo no blog, que podemos até cometer a ação, porém jamais assumi-la assim ficará sempre tudo bem e não se fala mais nisso. Somos a turma do arrumadinho, do deixa pra lá, dos piadistas, tudo é hilário e deixa a vida me levar. Os políticos estão roubando? “Político é tudo igual!” Somos traídos?”Ah, ninguém é de ninguém, viva e deixe viver!”, e por aí vai desaguando no Oceano Atlântico.

A mulher brasileira é popozuda em 99,9% dos casos! Essa mesma e na mesma porcentagem é pobre, tem que cuidar de vários filhos sozinha, acordar cedo e dormir tarde, apanhar do marido ou companheiro (se é que dá para chamar assim certos monstros que andam por aí disfarçados de gente), essa verdadeira mulher brasileira que possui bumbum avantajado, porém sua vida não é de glamour ou sensualidade eterna. Não chovem homens decentes em sua porta, muito pelo contrário. Quem mede os outros por atributos físicos só pode ser pervertido ou mutilado sentimentalmente.

A preferência pelo derriere é unânime e recaí tanto em homens quanto em mulheres, mulheres gostam de traseiros também, assim como homens homoafetivos. O problema é valorizar demais essa parte tão insignificante e fisiológica e necessária às nossas funções intestinais. Não vou nem entrar na questão prática do assunto que seria o sexo anal.

Pasmem, temos até bundólogos formados empiricamente na pura arte de analisar um bumbum, daqui a pouco será inventado uma avaliação de qualidade para as nádegas: quem sabe ISO-BB! Acho que daria em merda!

Finalmente, é pecado ou proibido gostar de uma protuberância na parte de trás? De maneira alguma, cada um é livre para ter preferência pelo quê quiser, porém se a metade da sua laranja for reta como uma tábua? E agora? Passaria a vez, faria a fila andar? Vemos hoje um desfile sem fim de mulheres frutas que ajudam a aumentar a rotulagem tão em voga no mundo, todos temos que ter rótulos e como tal transformamo-nos em produtos numa vitrine, quem tiver a retaguarda mais vistosa será “comprado”. Será isto que queremos para nossos filhos e netos? Ser o país do futebol, do samba e da BUNDA?

O telefone do meu bumbum???

Você quer o telefone do meu bumbum???!

Anúncios

2 comentários sobre “A nação da bundolatria

  1. Concordo com você amigo…..

    As pessoas principalmente “os estrangeiros” quando falamos de Brasil, o que eles logo pensam é Samba, Futebol e Mulher……

    Uma coisa que vem acontecendo, a Seleção dessas Mulheres que usam desse atributo para ter seus minutos de fama, e esquecem que com o tempo tudo irá cair e a contribuição que fez???? Nada alem manchar a verdadeira mulher brasileira, batalhadora, mãe, filha, esposa, que luta todos os dias….

    Fazendo com isso que toda a luta da mulher pra ter o seus direitos, suas liberdades serem jogadas na lama. Mais sabemos que vivemos num mundo que infelizmente as pessoas gostam disso e não mudará, estamos perdemos os verdadeiros valores o que é muito triste, pois dessa maneira qual será o futuro de nossos filhos ou até mesmo da nosso pais?????!!!!!!

  2. concordo com vc, somos mulheres e não bunda, as pessoas lá fora tem um conceito distorcido sobre brasileiras, pois o que a tv mostra é que somos muito sensuais e extremamente sem pudor, é mulher fruta pra todo lado e nisso só aparece as bundas, eu sou radicalmente contra isso, nóis também temos muita garra, somos mulheres fortes, batalhadoras e inteligentes, acho que mulher fruta poderia até existir mas só entre quatro paredes com o seu marido, companheiro e etc…

Gostou do texto? Não gostou? Deixe seu comentário aqui! Continue lendo os outros artigos do blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s